0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×

Você já ouviu falar em Marketing de Experiência? Trata-se da estruturação de ações baseadas na emoção do cliente, que podem levar a um maior engajamento e à sua fidelização.

O Marketing de Experiência é muito importante para o sucesso e o desenvolvimento de um hotel, pois contribui para que novos hóspedes procurem o estabelecimento, além de colaborar para que aqueles que já conhecem o local voltem a se hospedar.

Quer se destacar em meio à concorrência? Então, continue a leitura e saiba mais sobre o assunto!

Por que adotar o marketing de experiência para hotéis

Você já parou para pensar por que alguns hóspedes sempre voltam para o mesmo hotel e por que eles indicam esse hotel aos amigos?

É claro que o preço da hospedagem influencia nessa decisão, mas não é só isso. Você gosta de voltar a um restaurante em que não foi bem atendido? Gosta de fazer compras em um shopping num dia em que ele está tão lotado a ponto de você precisar ficar rodando pelo estacionamento por quase meia hora?

Esses dois exemplos demonstram um ponto que está diretamente ligado à nossa vontade de consumir novamente um serviço: a experiência. Quem não quer correr o risco de ser mal atendido novamente procura outro restaurante, assim como quem não gostou do custo-benefício de um hotel decide se hospedar em outro estabelecimento.

O marketing de experiência para hotéis serve para que, ao final da hospedagem, a pessoa sinta que ter ficado em seu hotel foi uma boa escolha.

Como funciona o marketing de experiência

O marketing de experiência se baseia em algo conhecido como os 3V´s:

Verdade

Prometer apenas aquilo que o seu negócio pode cumprir. No caso de um hotel, disponibilizar quartos que não correspondem com o que a descrição feita ou com o que é exibido nas fotos seria uma maneira de falta com a verdade.

Vontade

Fazer com que o consumidor sinta-se atraído por aquilo que está sendo ofertado pelo seu negócio.

Valor

Mostrar o quanto um determinado produto ou serviço pode ser importante e útil para o cliente. Um hotel do interior, por exemplo, poderia mostrar as vantagens de se distanciar um pouco da correria e da agitação da cidade grande.

Para que os 3V´s entrem em ação, o marketing de experiência trabalha com diferentes tipos de estratégia, como mostra a lista a seguir:

  • Sentidos;
  • sentimento;
  • pensamento;
  • ação;
  • identificação.

Cada uma delas estimula o cliente de uma forma distinta.

Sentidos

No caso de hotéis, todos os sentidos devem ser muito bem trabalhados para que o hospede sinta-se o mais confortável possível, visto que aquele hotel será a casa dele durante o período de estadia.

Quartos para fumantes e não fumantes, fazem uso do olfato para não prejudicar a experiência de hóspedes que se sentiriam incomodados com o cheiro de cigarro, mesmo em uma bela suíte muito bem equipada.

Isso é apenas um exemplo de que, mesmo oferecendo um serviço de boa qualidade. os sentidos ainda são capazes de influenciar negativa ou positivamente a experiência do hóspede.

Ação

Alguns hotéis utilizam seus espaços para oferecer serviços especiais aos hóspedes. As piscinas, que antes poderiam ser até mesmo ignoradas por muitos deles, agora são palcos de aulas gratuitas de hidroginástica. Outros promovem aulas de dança, bingo, entre outras atividades que combinem com o perfil do público que costuma se hospedar pela região.

hotéis mais afastados da cidade e com fácil acesso a áreas naturais promovem atividades bem diferentes, como pescar o peixe que será utilizado para o seu jantar.

Essa é uma ótima forma de atrair a atenção do público para o seu estabelecimento, ao mesmo tempo que também serve para propiciar boas experiências gratuitas ou de baixo custo para os hóspedes.

Se você ficou curioso sobre como aplicar o marketing de experiência em seu hotel, deixe um comentário aqui no post descubra o que o seu hotel pode fazer para atrair mais hóspedes e disparar na frente dos concorrentes.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Você pode usar essas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>