A Importância Do Controle De Gastos No Setor Hoteleiro

Uma das maiores preocupações da maioria das empresas é o volume de custos e de gastos, tanto nos investimentos quanto nos compromissos recorrentes, independente do setor de atuação.

Contudo, para que uma empresa tenha sucesso, é essencial realizar o controle de gastos, que pode ser feito por meio da automação comercial e por meio de um bom software ERP.

Sendo assim, vamos falar sobre a importância do controle de gastos voltado para o setor hoteleiro, e como ter melhores resultados.

Principais custos do setor hoteleiro

Sabemos que todos os negócios geram uma diversidade de custos, desde o momento da sua abertura até o seu pleno funcionamento.

No setor hoteleiro, é muito importante estar atento aos custos e às finanças justamente pelo fato de que o setor é um setor sazonal, que possui seus momentos de altos e baixos.

Por isso, fazer um bom planejamento financeiro é essencial para a saúde financeira da sua empresa hoteleira.

Mas você já conhece os principais custos da rede hoteleira? Se ainda não conhece, vamos falar a seguir sobre os três principais custos do setor.

Custo com folha de pagamento e serviços básicos

Um dos primeiros custos do setor hoteleiro é o custo com folha de pagamento e com serviços básicos, como por exemplo:

  •  Limpeza do hotel;
  • Cuidados com a jardinagem;
  • Almoxarifado e estoques.

Além disso, a folha de pagamento de um hotel é um custo que pode ser muito alto, independente do tamanho do hotel e da sua localidade.

Por isso, é fundamental saber o quanto a sua empresa demanda de profissionais, quais os custos e os valores a cada mês e como você fará para honrar estes compromissos.

Tudo isso é muito importante para que o seu hotel não precise fechar durante os períodos de baixa sazonalidade.

Custos com marketing

O segundo custo do setor hoteleiro que pode ser bem alto e impactar diretamente na saúde financeira da sua empresa são os custos com marketing.

No caso do setor hoteleiro, o marketing é a chave para a captação de novos clientes, assim como aparecer no mercado e se destacar frente a concorrência.

Contudo, é muito importante considerar o volume de investimentos demandados com marketing e analisar, comparando os resultados com o valor investido, para não ter custos excedentes.

Custos fixos 

Por fim, temos os custos fixos do seu hotel, o qual podem ser um dos maiores custos de todo o setor.

Quando falamos de custos fixos, estamos nos referindo à custos como:

  • Energia elétrica;
  • Aluguel ou valor do prédio;
  • Manutenção predial e dos móveis do seu hotel;
  •  Manutenção das áreas de lazer e piscina;
  • Impostos e despesas com a parte contábil e legalização do seu hotel.

Todos os custos citados acima são custos recorrentes no setor hoteleiro, e que devem ser observados, já que são essenciais para o funcionamento do seu hotel.

Como otimizar os custos no setor hoteleiro

Agora que você já conhece os custos principais de um hotel, vamos falar sobre como otimizar e reduzir estes custos.

Crie procedimentos padrão

Um procedimento padrão é uma espécie de processo base, que deve ser seguido para a realização de determinada atividade.

Sendo assim, você pode verificar quais as atividades do seu hotel que podem ser padronizadas e otimizadas, como por exemplo:

  • Simplificação dos processos de recepção, checkin e checkout do hotel;
  • Processos de admissão e demissão de profissionais, tanto temporários quanto fixos;
  • Processos de compras e reposição de materiais e alimentos;
  • Processos de manutenção predial periódica.

Quando falamos nos procedimentos padrão, estamos propondo a criação de critérios para realizar cada uma das atividades, pois assim você saberá quanto e quando deve investir em seu hotel.

Se possível, terceirize

Algumas das atividades do seu hotel podem ser terceirizadas, como por exemplo,a manutenção, alimentação e serviços gerais.

Embora muitas empresas tenham receio de terceirizar os serviços e ter mais custos, a terceirização pode ser uma solução para a descentralização dos custos de contratação de profissionais.

Por isso, compare o quanto você gasta com os seus colaboradores efetivos, considerando folha de pagamento, impostos, direitos trabalhistas e todo o resto.

Utilize a tecnologia a seu favor

Por último, mas não menos importante, investir em tecnologia pode te ajudar a reduzir os seus custos atuais, já que a tecnologia facilita os processos e torna tudo muito mais ágil.

Sendo assim, verifique a possibilidade de implantar um bom software ERP, que permita a automação comercial e que tenha também um emissor de boleto, facilitando os processos de pagamento e reservas.

Conclusão

Perceba que o setor hoteleiro possui peculiaridades, e estas peculiaridades influenciam diretamente nos custos e nos lucros dos hotéis.

Contudo, é possível controlar os custos e melhorar os seus rendimentos por meio de atitudes simples e de um bom planejamento, voltado para a eficiência do seu hotel.