0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×

Atualmente, existem diversos canais digitais que podem ser usados para divulgar serviços de turismo e hotelaria. O Instagram de hotel é um exemplo disso. Então, quer ver como usar Instagram de hotel para atrair mais hóspedes?

Neste post, mostraremos tudo o que você precisa saber para atingir a atenção da sua audiência, bem como transformar seguidores em consumidores engajados com a sua marca. Fique conosco e confira!

Por que o Instagram é relevante para hotelaria e turismo

Em primeiro lugar, o Brasil é o país mais conectado nas redes sociais em toda América Latina. Uma pesquisa feita recentemente pela We Are Social, em parceria com a Hootsuite, revela que mais de 140 milhões de usuários estão ativos em alguma rede social.

Nesse sentido, segundo uma pesquisa feita pela Opinion Box, o Instagram é a rede preferida de 1 em cada 4 internautas. Ainda nesse relatório, é interessante observar que 83% dos usuários do Instagram seguem alguma empresa ou marca e um dos segmentos de influenciadores que preferem é o de Viagens e Turismo (41%).

Além disso, vale destacar também a tendência do cliente do mercado hoteleiro de postar fotos de férias e viagens nas redes sociais — 51%, de acordo com um levantamento feito pela Expedia Brasil.

Assim, o Instagram de hotel pode, sim, ser um canal para atrair hóspedes. Basta saber utilizá-lo com esse objetivo. Veja como nos próximos tópicos.

Use o Instagram de hotel com planejamento estratégico

Como mencionamos anteriormente, o Instagram é, em suma, um dos diversos canais possíveis para divulgar sua empresa, produtos e serviços.

Muito além disso, se comunicar adequadamente com seus clientes e potenciais clientes. De modo a transformá-los em verdadeiros fãs da sua marca. E, assim, promotores dela.

Assim, sem um planejamento de marketing digital, o Instagram de hotel perde eficácia. Ou seja, não adianta apenas “sair postando”. A rede precisa estar vinculada ao marketing hotel a fim de atrair hóspedes e se tornar uma fonte de receita para o negócio.

Nesse sentido, vale destacar que o Instagram muito dificilmente anda sozinho em uma estratégia. Na verdade, o ideal é trabalhar com um mix de canais, incluindo outras mídias digitais, como:

Invista em um ensaio fotográfico profissional

Em segundo lugar, é preciso ter em mente que o Instagram é uma rede social que privilegia o conteúdo visual. (Com espaço também para audiovisual). Logo, é importante criar material com o intuito de ser usado como conteúdos nesta rede.

Dessa forma, produza fotos capazes de atrair a atenção dos clientes e estimular o interesse pelo hotel. As imagens devem ilustrar quais são os atrativos do seu espaço.

Nesse ensaio, procure também tirar fotos de hóspedes realizando as principais atividades promovidas pelo estabelecimento.

Porém, a ideia é sempre privilegiar cenários amplos. Ou seja, que destaquem mais a área do hotel do que a pessoa. Por outro lado, é importante captar a experiência dos clientes dentro das disponibilidades do local.

Assim, as fotos farão mais sentido àqueles que ainda não conhecem sua marca, ilustrando melhor como poderiam usufruir das comodidades presentes no seu espaço.

Planeje as pautas dos posts

Depois de criar um bom material fotográfico (quem sabe até mesmo audiovisual), pense nas informações a serem abordadas no Instagram de hotel.

É esse conjunto de temática que chamamos de pautas.

Dessa maneira, para que o seu perfil fique sempre atualizado com novos posts, é fundamental planejar pautas mensalmente.

Fica a dica do seguinte: não apenas promover o hotel de uma forma comercial, tratando apenas das comodidades, produtos e serviços oferecidos. Mas, buscar um diálogo com a audiência. Para isso, o hotel precisa criar posts relacionais.

Por exemplo, a Nascente Azul, complexo de ecoturismo em Bonito/MS, mescla posts sobre trilhas, balneário, flutuação, mergulho com cilindro e tirolesa (que são seus produtos), com experiências de visitantes, comentários e até mesmo repostagens de clientes.

Como resultado, os seguidores estão sempre curtindo, comentando, marcando o perfil da empresa e compartilhando a marca com seus amigos pelos Stories. De fato, é um caso de sucesso que pode servir de exemplo no mercado de turismo.

Portanto, o ideal é planejar as pautas dos posts para Instagram de hotel todo mês. Lembrando sempre de intercalar as potencialidades comerciais com:

  • Informações sobre o destino;
  • Experiências de hóspedes anteriores;
  • Depoimentos;
  • Memes (de acordo com o padrão de comunicação de sua marca);
  • Quizzes, enquetes e perguntas;
  • Boomerangs (vídeos curtos em loop);
  • Stories relacionais;
  • E etc.

Crie um calendário editorial

Não basta atrair a atenção da audiência. Uma vez que o público está seguindo o seu perfil, é preciso manter o engajamento. Para isso, é necessária uma frequência de postagem.

Assim, primeiramente, analise quantas vezes é viável postar no período de um mês, distribuindo proporcionalmente entre os dias da semana. Pela experiência dos especialistas da WebSocorro, o ideal são, pelo menos, 12 posts mensais. Isso equivale a 3 posts por semana.

Porém, mais importante do que quantidade é a qualidade. Portanto, priorize tal volume de publicações que seja viável dentro desse período.

Em seguida, é necessário organizar essas pautas ao longo do mês com o intuito de ter sempre novos posts. A melhor ferramenta para isso é um calendário editorial.

O calendário editorial pode ser criado em uma planilha. Também no Google Agenda ou outro recurso que seja mais fácil e acessível à sua realidade. O importante é criá-lo, seja qual for o recurso escolhido.

Produza conteúdo relevante

Finalmente, após planejar as pautas e definir o calendário editorial, é preciso de fato produzir os conteúdos. Posteriormente, agendá-los de acordo com o calendário.

Pode ser difícil aliar o trabalho interno da empresa ao gerenciamento do Instagram de hotel. Por isso, objetivando manter o canal ativo e atualizado, talvez, a melhor solução seja contar com uma agência de marketing para hotéis, como a WebSocorro.

A gestão de redes sociais é apenas um dos vastos serviços que prestamos. Pensando sempre no resultado que realmente importa para você: mais reservas e faturamento para o seu hotel.

Exemplos de posts para Instagram

Só para ilustrar o que são bons posts para Instagram de hotel e turismo, vamos mostrar dois perfis de sucesso. O primeiro deles é da Nascente Azul, que já mencionamos anteriormente.

Nascente Azul – Exemplo 1

A Nascente Azul está ativa nas redes sociais, postando, em média, todos os dias. Variando entre seus posts, reposts de clientes e stories.

Instagram de Hotel e Turismo - Nascente Azul - Exemplo 1

Neste exemplo de post, abordando uma dúvida sobre o destino (Bonito/MS) conseguimos (até o momento em que este post foi escrito) 1291 curtidas e 30 comentários. Isso representa um ótimo engajamento!

Repare ainda que a foto mostra pessoas, mas prioriza o cenário — que é um grande diferencial da região.

Nascente Azul – Exemplo 2

Instagram de Hotel e Turismo - Nascente Azul - Exemplo 2

Já este post, é um exemplo de republicação (repost) de um visitante. O engajamento também foi expressivo (mais de 300 curtidas). Porém o mais importante aqui é demonstrar como o próprio cliente vê a empresa.

No caso da Nascente Azul, isso é muito importante. Pois, o mercado de Bonito MS não permite fazer marketing pensando em vendas. Assim, o depoimento dos clientes é um dos recursos mais valiosos para destacar os diferenciais do espaço. Isso de forma natural e relacional.

Consequentemente, em 12 meses com a WebSocorro, a Nascente Azul se tornou um dos 3 principais atrativos de Bonito, crescendo 85% nas pesquisas diretas. Assim, estamos fazendo o nome da empresa se tornar conhecido pelo grande público. E o Instagram é uma peça desse processo.

Nascente Azul – Exemplo 3

Instagram de Hotel e Turismo - Nascente Azul - Exemplo 3

Em terceiro lugar, este exemplo se trata de uma republicação feita por Pyong Lee, um youtuber e influenciador digital.

O interessante aqui é aproveitar o potencial de alcance do influenciador (alguém que reúne um grande volume de seguidores). Assim, a empresa pode dialogar com esse alto número de pessoas, tornando a marca mais conhecida.

Nesse sentido, 15% dos usuários no Instagram são muito influenciados pela opinião de famosos. Logo, é importante se posicionar adequadamente para que a imagem da empresa seja positiva nesse tipo de publicação.

Para isso, não foque em uma abordagem comercial. Mas sim no relacionamento humanizado com o influenciador e seus seguidores.

Nascente Azul – Exemplo 4

Instagram de Hotel e Turismo - Nascente Azul - Exemplo 4

Este é um exemplo de meme adaptado com a temática da empresa.

Vale ressaltar que os memes devem ser utilizados com muito cuidado. Respeitando o padrão de comunicação da marca, bem como os valores e visão da sua empresa. Além de também evitar mensagens negativas, ofensas e mal entendidos.

Assim, usados da maneira certa, os memes são um recurso interessante para o engajamento com os conteúdos do perfil.

Nascente Azul – Exemplo 5

Instagram de Hotel e Turismo - Nascente Azul - Exemplo 5

Este é um exemplo de Story apontando para o conteúdo do blog. Repare, então, a comunicação possível entre o Instagram de hotel com outros canais usados no marketing digital da empresa.

Vale destacar também a comunicação visual da marca, que padroniza dois tipos de cores e fotos sem filtro para destacar a beleza natural do destino.

Hotel Fazenda 7 Belo – Exemplo 1

Diferentemente da Nascente Azul, o Hotel Fazenda 7 Belo atua mais precisamente no ramo de hotelaria e hospedagem. E também é interessante abordá-lo aqui, pois a sua frequência de postagens é, em média, 2 vezes por semana.

Por outro lado, a empresa já conseguiu resultados positivos nos primeiros 2 meses de trabalho com a WebSocorro. Logo, provamos que a eficácia dos investimentos é mais relevante para os resultados do que simplesmente o volume de trabalho.

Instagram de hotel exemplo Hotel Fazenda 7 Belo - 1

Primeiramente, nesse exemplo, usamos como temática o aniversário do hotel. Ou seja, um conteúdo não comercial, mas que gerou um ótimo engajamento com os usuários.

Dessa forma, criamos diálogo e fixamos a marca na mente do público. O que acaba fluindo para o fechamento de vendas, caso o hotel trabalhe adequadamente o canal.

Como explicamos no post “Quer saber como aumentar as vendas de um hotel? Evite estes 12 erros clássicos!” não saber vendas nas redes sociais é um erro que os hoteleiros devem reparar já!

Hotel Fazenda 7 Belo – Exemplos 2 e 3

Instagram de hotel exemplo Hotel Fazenda 7 Belo - 2
Instagram de hotel exemplo Hotel Fazenda 7 Belo - 3

Esses são dois exemplos da utilização de fotos dos produtos e serviços do hotel. Também inclui uma proposta de diálogo e ainda mostra a experiência de pessoas reais.

Repare que são fotos interessantes, capazes de ilustrar perfeitamente as atividades disponíveis — um dos diferenciais da empresa. Observe também que as pessoas não são o foco das imagens, embora façam parte do conteúdo. É um exemplo perfeito para o ensaio fotográfico visando o Instagram de hotel.

Use o perfil para converter visitantes em Leads

Agora que você tem uma ideia geral do que postar na rede, chegou o momento de explicarmos melhor como usar Instagram de hotel para atrair mais hóspedes.

Em primeiro lugar, tenha em mente que o usuário da rede social, na maioria das vezes, ainda não está no processo de compra. Ou seja, essas pessoas podem até ter interesse pela sua marca, mas provavelmente ainda não estão dispostas a comprar.

Porém, você pode conduzir esses internautas no processo de compra.

O primeiro passo é usar os recursos de “linkáveis” do Instagram para uma página de captura (landing Page). Esses recursos estão presentes, basicamente, na bio do perfil.

Aconselhamos que o link direcione para uma landing page porque este é o tipo de página com maior conversão. Diferentemente da página inicial do site. Pois, a landing page tem menos distrações e foca em uma determinada oferta.

Por exemplo, o link da bio do seu hotel pode direcionar para uma página de cotação. Isso estimula reservas diretas aos usuários interessados.

O que é uma boa landing page

Só para ilustrar uma landing page que converte, vamos analisar a do Portal do Sol, um cliente bem-sucedido da WebSocorro.

Exemplo de landing page – Portal do Sol Hotel Fazenda

A primeira parte da página de cotação do Portal do Sol é assim:

Exemplo de Landing Page - Portal do Sol - 1

Desse modo, logo que o usuário chega à página, já vê um formulário de cotação. Simples, fácil e intuitivo. Portanto, se o desejo do visitante é de fato solicitar um orçamento, a página torna essa ação mais prática. Por isso, tende a ter uma taxa de conversão maior.

Mais adiante, vemos o seguinte:

Exemplo de Landing Page - Portal do Sol - 2

Nessa parte da página, o hotel expõe suas modalidades de acomodações. Cada uma com um botão informando que a cotação é gratuita. Tudo isso ajuda o visitante a tomar a melhor ação segundo os seus interesses.

Exemplo de Landing Page - Portal do Sol - 3

Mais abaixo, o hotel mostra seus diferenciais e ilustra as principais comodidades presentes no espaço. Isso dá mais confiança ao usuário para tomar a decisão de compra.

Exemplo de Landing Page - Portal do Sol - 4

Por fim, a página fornece uma prova social. Ou seja, uma expressão positiva de hóspedes que já estiveram no hotel. Isso é feito por meio dos depoimentos dos clientes.

Essa prova social é um poderoso recurso para quebrar as objeções do potencial cliente. Uma vez que gera a confiança de que o estabelecimento entrega uma experiência positiva de hospedagem.

Então, resumindo, o que uma landing page deve conter é:

  • Formulário de contato logo no início da página;
  • Ofertas com botões acionáveis, direcionando para a ação desejável (no caso, a cotação);
  • Diferenciais do hotel em forma de imagens e fotos profissionais. Também acompanhado do botão para ação (neste exemplo, fazer a cotação);
  • Depoimentos para gerar prova social;
  • Novamente o formulário no final da página.

Crie um relacionamento com os leads gerados no Instagram

De forma geral, os leads originados das redes sociais são frios. Ou seja, ainda tendem a apresentar muitas objeções de compra.

A melhor forma de vencer essas objeções, e de fato vender pelo Instagram de hotel, é colocar esse lead em um processo de nutrição.

Isso significa alimentar esse contato com mais informações de acordo com suas preferências e manifestações na rede.

De modo que a oferta só será entregue quando o lead demonstrar estar pronto para fechar a reserva.

Identificando a intenção do usuário

Talvez, você se se pergunte como a sua empresa consegue saber quando este lead entra no processo de compra.

Bem, já falamos bastante sobre isso no post “Como fechar mais vendas na hotelaria”. Em resumo, a landing page, bem como as páginas do site, devem estar “conectadas” a ferramentas tecnológicas com o objetivo de rastrear as visitas do usuário.

Ferramentas como CRMs e Google Analytics, só para exemplificar, mostram qual página o usuário acessou, e quando. Assim, imagine que um internauta chegue a sua landing page via link da bio. Digamos que converta na página, solicitando uma cotação.

Esse fluxo da rede social para a landing page tende a ser um primeiro contato um tanto quanto frio. Ou seja, sem a intenção real de compra. Geralmente, esse usuário está apenas querendo sondar preços, produtos e serviços, sem ainda ter a intenção viajar.

Assim, o ideal é que o time de vendas seja pontual com esse contato. Responda objetivamente, porém, de maneira humanizada, cortês e o quanto antes esse e-mail chegar à caixa de entrada. Isso garante uma boa primeira impressão, o que será fundamental para iniciar um relacionamento duradouro com esse lead.

Nutrição de leads

É provável que o lead que converteu na página de cotação diretamente do Instagram não feche a reserva neste primeiro contato.

Então, o que se deve fazer é colocá-lo em um fluxo de nutrição via e-mail e campanhas direcionadas na rede. Já que conhecemos a preferência do usuário nesse canal.

Em suma, esse fluxo de nutrição se trata de enviar mais informações relevantes pelo e-mail fornecido na página de conversão.

Por exemplo, enviar um post sobre os principais pontos turísticos do destino, atrações, programações periódicas no local e etc. O ideal é segmentar esses contatos e enviar conteúdos específicos para:

  • Casais;
  • Viajantes individuais;
  • Pessoas que viajam em família;
  • Grupos;
  • Terceira idade.

Só para ilustrar algumas opções de segmentos.

Novamente, identificamos o perfil do lead ao solicitarmos essa informação no formulário da landing page. E conseguimos segmentar esses dados por meio das ferramentas citadas acima.

Então, cada lead é organizado e inserido em seu respectivo segmento. Em seguida, basta enviar a mensagem mais apropriada para cada um deles.

O mesmo ocorre nas campanhas na rede social. Podemos configurar uma campanha direcionada a um viajante a dois. Nela, o lead visualiza no seu feed um vídeo da suíte para casal. Enquanto a campanha para aquele que pretende viajar em família mostra um vídeo sobre as comodidades para as crianças.

O momento certo de levar a oferta

Desse modo, ao se relacionar com os leads das redes sociais, apresentando mais conteúdos relevantes, a marca se torna lembrada.

Assim, ajudamos o lead a prosseguir para mais fundo no funil de vendas, quebrando suas objeções.

Sabemos que é o momento de apresentar uma oferta, por exemplo, quando esse lead abre a maioria dos e-mails do fluxo de nutrição, visualiza as campanhas na rede social e volta ao site, visitando páginas estratégicas, como as de acomodações, depoimentos, fotos e tarifário, só para citar algumas.

Dessa forma, o lead vai se transformando de frio para morno e quente. É nesse momento que o time de vendas precisa ser mais ativo. E enviar a oferta que mais se encaixe no padrão de consumo desse potencial cliente.

No caso do casal, por exemplo, poderia enviar uma oferta de refeição romântica grátis no restaurante do hotel. Mas, válida apenas para reservas feitas até o próximo final de semana.

Isso dá ao usuário uma sensação de urgência. Uma vez que demonstra que já está disposto a comprar, mas precisa de um incentivo para fechar o negócio. Assim, as chances de vender para esse lead são maiores. Ao invés de simplesmente esperar que ele se torne cliente a partir dos posts na rede social.

Destaque seu hotel com anúncios patrocinados

Ainda vale ressaltar a importância dos anúncios a fim de ampliar o alcance da marca e na rede.

Afinal, os conteúdos orgânicos são essenciais para manter o perfil atualizado e gerar uma boa impressão aos visitantes.

Por outro lado, o alcance orgânico das postagens tem sido cada vez menor, devido à suposta priorização do Facebook e Instagram pela compra de anúncios. (Lembrando que ambas as redes fazem parte do mesmo grupo e faturam por meio de anúncios).

Assim, é essencial impulsionar os conteúdos criados com o intuito de gerar resultados mais efetivos. Isso, desde que as campanhas de mídia paga estejam alinhadas às demais estratégias.

Duas boas notícias nesse sentido são: é mais barato anunciar nas redes sociais do que em Google Ads. Assim, seu hotel pode alcançar mais pessoas pelo menor custo.

Em segundo lugar, as campanhas patrocinadas nas redes sociais são altamente personalizáveis. De modo que permitem levar a oferta certa ao usuário certo. Isso tanto é verdade que, segundo os dados, 60% dos usuários avaliam que os anúncios têm a ver com seu perfil.

Assim, 85% diz clicar eventualmente em um anúncio relacionado ao seu consumo. E 35% afirma já ter comprado após clicar em anúncios no Instagram.

Portanto, essa é uma estratégia com potencial real de vendas.

Instagram de hotel como canal de vendas hoteleiras

É dessa forma que o Instagram de hotel se torna uma poderosa máquina de vendas hoteleiras.

Assim, com planejamento estratégico, produção profissional de material, bem como execução assertiva, seu negócio hoteleiro ficará na mente do internauta.

Logo, quando esse potencial cliente estiver próximo de fechar a reserva, as chances do seu hotel serão melhores. Afinal, sua empresa estreitou com ele um relacionamento correto na rede.

Portanto, priorize o relacionamento humanizando, nutrindo os leads do Instagram até entrarem no processo de compra. Desse modo, os resultados serão alcançados!

Então, gostou de saber como usar Instagram de hotel para atrair mais hóspedes? Está precisando de ajuda na aplicação de alguma das ações necessárias visando vender nas redes sociais? Fale com um consultor da WebSocorro e vamos transformar o Instagram da sua empresa em um canal de vendas!